Entenda como o Big Data está fazendo parte do varejo

Uma pesquisa da empresa KPMG revelou que 99% dos entrevistados — CIOs e CFOs de diversas organizações — confiam que o Big Data é um elemento importante na tomada de decisões. Devido a isso, muitos segmentos do setor empresarial estão investindo nessas ferramentas. Mas como funciona o Big Data no varejo?

Neste artigo, vamos responder a essa pergunta e esclarecer outra questão importante: como essa tecnologia pode ser utilizada em sua empresa? Vamos lá!

Como o Big Data pode ajudar sua organização?

O conceito Big Data se refere à análise de todo o tipo de informação pública disponível online. Nesse exame, essas ferramentas monitoram um grande volume e variedade de informações em uma alta velocidade.

Essa tecnologia oferece às empresas uma quantidade enorme de dados de clientes, concorrentes etc. Após isso, a instituição pode segmentar essas informações para serem usadas como um “norte” no planejamento das estratégias do negócio.

O Big Data beneficia principalmente o setor do varejo, que é uma área que precisa ter um entendimento claro sobre o comportamento do consumidor. Entretanto, de acordo com a revista Exame, muitos empresários ainda não sabem como essas ferramentas podem ajudar nas atividades de sua organização.

Então, como uma empresa varejista pode aproveitar os recursos oferecidos pelo Big Data em seus processos internos?

De que forma o Big Data pode ser utilizado na empresa?

Visão de negócios

Quais são as tendências do mercado em que sua empresa atua? Se você tiver uma visão de negócios será fácil responder a essa pergunta. No entanto, com o mundo conectado em que vivemos, não há como ampliar a visão comercial sem analisar dados online.

Por exemplo: que tipo de produto ou serviço o seu público-alvo está consumindo? Atualmente, um modelo de negócios chamado “online to offline” está crescendo no gosto dos consumidores.

Com o uso do Big Data, sua empresa pode não só ingressar nesse mercado como também entender o que pode fazer de diferente para atrair atenção para o seu negócio.

Cadastramento completo de clientes

Com certeza a sua instituição tem um cadastro dos seus clientes. Mas esse registro é inteligente? Se não entendeu a pergunta, vamos explicar. Atualmente, saber onde um consumidor mora, em que trabalha e qual foi sua última compra não é mais suficiente.

Veja o exemplo da empresa Walmart: com o uso do Big Data, a instituição conseguiu usar as informações dos seus clientes de uma forma inovadora. O consumidor, por meio de seu smartphone, acessa sua lista de compras do mês. Em seguida, por meio do reconhecimento de voz, cita quais itens deseja adquirir.

O sistema identifica os produtos e coloca no carrinho virtual as marcas preferidas do cliente, baseando-se no seu histórico de compras. Em menos de 2 minutos, o consumidor consegue finalizar esse processo.

Marketing

Fazer uma campanha de marketing efetiva é um trabalho árduo. No entanto, o monitoramento do comportamento do seu público por meio do Big Data pode ajudar. Talvez sua empresa queira lançar um produto que já está disponível no mercado, mas de uma forma inovadora.

Uma análise preditiva pode lhe dar a ideia que precisa para realizar esse projeto. As ferramentas de Big Data podem rastrear a reação dos consumidores relacionadas ao produto do concorrente de sua empresa.

Sabendo dos aspectos que foram avaliados negativamente, você lançará um item que suprirá as necessidades do seu público-alvo. Com isso, as chances de aprovação e o sucesso da campanha de marketing desse produto serão maiores.

Acompanhamento do ROI

O Big Data ajuda a melhorar o ROI (retorno sobre investimento) da sua organização. Para entender melhor essa relação, podemos voltar ao exemplo da campanha de marketing.

Antes do lançamento do novo produto, a empresa pode fazer uma experiência com os seus clientes. Eles testam o item e depois comentam a respeito do que acharam dele. As ferramentas monitoram essa reação dando à instituição a oportunidade de mudar algum aspecto do produto antes do lançamento oficial. Dessa forma, são evitados prejuízos e o retorno financeiro será maior.

O que achou de nosso artigo? Ele ajudou você a entender como funciona o Big Data no varejo? Quer implantá-lo em sua empresa? Então, entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber conteúdos exclusivos para alavancar seu negócio?

Quer receber conteúdos exclusivos para alavancar seu negócio?

Preencha o campo abaixo e receba direto em seu e-mail novidades do mercado para sair na frente dos seus concorrentes. 

Seu cadastro foi realizado com sucesso!