Análise Preditiva: entenda como fazer a previsão de compras da sua empresa

A análise preditiva é uma das principais ferramentas para fazer um acompanhamento preciso das necessidades de reposição da empresa e seu controle de maneira eficaz.

Você já imaginou ficar sem estoque para atender às necessidades dos seus clientes, ou pensou no problema da perda de produtos comprados em excesso?

Para evitar que isso aconteça, é de extrema importância que seja feito um planejamento estratégico de previsão de compras, assegurando as oportunidades de bom atendimento aos seus compradores, bem como o sucesso do seu negócio.

O que levar em conta para uma boa análise preditiva?

Essa é uma prática que demanda estudo de indicadores internos, ligados à uma logística desenvolvida para sua organização.

É importante que o gestor entenda sobre o fluxo de saída de produtos, os períodos do ano em que as vendas aumentam ou diminuem, gastos com manutenção e espaço, além de atentar para alguns pontos bem importantes!

Otimizar a gestão de estoque

Gestão de estoque e análise preditiva devem andar juntas: não há como fazer uma previsão das necessidades de compras da sua empresa, se você não entender sobre o andamento e o planejamento do estoque.

Por meio dela você pode entender quais produtos estão parados na prateleira, quais tem maior rotatividade e como fazer para melhorar o processo de vendas, garantindo todas as informações para evitar que falte ou sobre mercadoria na sua empresa.

O excesso pode aumentar as despesas com controle e manutenção de espaço, bem como apontar um problema de saída desses produtos. Assim, você pode traçar estratégias para tentar aumentar o interesse dos clientes, seja com promoções, investimento em marketing e vendas em conjunto.

A falta, por outro lado, também deve ser analisada. Se os consumidores procuram mais por uma parcela do que você oferece, é possível definir o momento certo da reposição.

O ideal da gestão de estoque é entender a rotatividade dos itens.

Conhecer os fornecedores

Para qualquer análise que envolva acompanhamento de estoques, os fornecedores são peças fundamentais.

Cadastre-os no seu sistema, salve formas de contato e planeje quais são os parceiros mais adequados para seu negócio. Uma breve pesquisa de mercado, seguida de um diálogo com os escolhidos pode ajudá-lo a definir quem pode atender às demandas do seu negócio da melhor forma.

Para isso, é bom conhecer os diferenciais propostos por cada um deles, preços, vantagens e desvantagens na hora da contratação.

Realizar a previsão de vendas

Com a gestão de estoques traçada e fornecedores definidos, você pode se planejar e entender como são feitas as vendas da sua mercadoria.

Essa análise garante que produtos não fiquem em falta em períodos de alta rotatividade, bem como não sobrem em fases de queda de venda.

Para isso, é importante fazer uma estimativa do que é vendido, o tempo que leva para fechar negócio com clientes e quanto tempo cada item ficou parado no estoque, aproveitando as oportunidades de mercado.

Assim, você pode definir quando e o que deve ser comprado para repor as necessidades da sua empresa, sem excessos nem faltas.

E aí, leitor, gostou de aprender mais sobre como fazer uma análise preditiva e realizar uma previsão de compras para sua empresa? Assinando nossa newsletter, você receberá várias dicas interessantes para o seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber conteúdos exclusivos para alavancar seu negócio?

Quer receber conteúdos exclusivos para alavancar seu negócio?

Preencha o campo abaixo e receba direto em seu e-mail novidades do mercado para sair na frente dos seus concorrentes. 

Seu cadastro foi realizado com sucesso!