Como aplicar a cultura de análise de Big Data em todas as áreas da empresa?

Antigamente, os tomadores de decisão das empresas baseavam suas escolhas em intuição e experiência. Há alguns anos, porém, eles passaram a contar com a ajuda dos dados e a analisar com maior embasamento qual o melhor caminho a se seguir.

Hoje, com a análise de Big Data, a clareza nas decisões e os benefícios que isso traz para o negócio têm sido um diferencial surpreendente para diversos tipos de negócio. É nesse contexto que a cultura de análise de Big Data vem se desenvolvendo como tendência nas empresas.

Quer entender melhor a importância do Big Data e como aplicá-la na sua organização? Continue a leitura e confira!

Por que a cultura de análise de Big Data é importante nas empresas?

O conceito fundamental de Big Data e Analytics é coletar dados de diversas fontes e analisá-los de forma a encontrar padrões que possam ser importantes para o negócio. Esses padrões podem revelar tendências, antecipar a ocorrência de problemas e até indicar oportunidades para a inovação.

Uma empresa que faz bom uso dessas práticas e apresenta tais ideias como parte da sua cultura, certamente terá a capacidade de superar os seus concorrentes e ter uma enorme vantagem competitiva no mercado.

Como aplicar a cultura de análise de Big Data na sua empresa?

1. Crie uma estrutura tecnológica

O primeiro passo deve ser uma avaliação de como a estrutura de TI da empresa está preparada para lidar com Big Data. Para isso, faça as seguintes perguntas:

  • Quais são as fontes dos dados?
  • Onde eles serão armazenados?
  • Como eles serão processados e analisados?

Respondendo a essas questões, você conseguirá escolher as tecnologias mais apropriadas para a sua empresa. Veja o caso do avanço da computação em nuvem, por exemplo, que trouxe soluções completas de coleta, armazenamento, análise e visualização de dados para aplicações com Big Data.

É uma questão de escolher as ferramentas adequadas para lidar com uma quantidade massiva de dados e transformá-los em informações relevantes para o negócio.

 

2. Promova uma mentalidade voltada a dados

Para convencer a sua equipe a se manter alinhada em seguir a cultura de Big Data e Analytics, os profissionais em cargos de liderança precisam ser os primeiros a incorporarem atitudes como a tomada de decisão baseada em dados.

Por meio do exemplo, eles influenciarão os demais colaboradores a perceberem pouco a pouco que métricas e dados são essenciais para o sucesso do negócio.

Mas isso não é tudo. É preciso deixar claro que a mentalidade voltada a dados facilita a rotina de trabalho das pessoas, eliminando decisões com base em palpites e reduzindo o desperdício de tempo e energia.

 

3. Comece aos poucos

Quando falamos de Big Data, temos a impressão de que os recursos e ações precisam ser todos grandiosos e exagerados. Cuidado com esse equívoco!

Por exemplo, você pode achar que depois de implementar uma base tecnológica para Big Data, já deve começar a disseminar a cultura em questão para toda a empresa.

Na verdade, é possível começar com uma estrutura tecnológica enxuta e criar um projeto de Big Data com um time reduzido.

Depois, de acordo com os resultados desse projeto, você pode expandir a estrutura de TI e divulgar a cultura de Big Data e Analytics para outras áreas da empresa.

Portanto, lembre-se que apenas citar os benefícios do Big Data para a equipe não é suficiente. É necessário criar um ambiente de vivência e incentivo para que todos compartilhem da mesma visão da empresa.

 

Esse foi um guestpost produzido pelo Rodrigo Nascimento, CEO da Buscar ID e redator do blog Marketing por Dados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber conteúdos exclusivos para alavancar seu negócio?

Quer receber conteúdos exclusivos para alavancar seu negócio?

Preencha o campo abaixo e receba direto em seu e-mail novidades do mercado para sair na frente dos seus concorrentes. 

Seu cadastro foi realizado com sucesso!