Detecção de incidentes empresariais: qual a sua capacidade de resposta?

A presença massiva da internet no cotidiano do brasileiro tem levado empresas de todos os segmentos a investir em segurança da informação como forma de proteger seus dados e sua expertise. A detecção de incidentes se torna um foco de atenção e exige dos gestores uma capacidade de resposta ágil e bem elaborada.

Porém, ainda ocorrem erros quando se pensa em uma abordagem de cibersegurança. A inserção mais positiva nesse campo deve ser a de buscar uma combinação entre prevenção e resposta a incidentes que conjugue os esforços de capital humano e tecnológico da empresa para uma ação mais efetiva.

Investimentos em segurança

Os investimentos em segurança digital ainda são erroneamente encarados como apenas um custo. Porém, esse investimento inicial pode ter alto retorno caso haja proatividade em agir sobre os possíveis cibercriminosos. A ação criminosa também avança diante de novos obstáculos colocados pelo setor de Tecnologia da Informação.

É preciso estar atento às formas de coleta e interpretação dos dados colhidos pela empresa diariamente. Seja por meio da equipe interna ou de uma consultoria externa de segurança, deve-se saber interpretar os pontos cegos dos sistemas e conceber respostas correlatas às violações comprovadas e outras ainda em processo de confirmação.

Investir na capacitação interna dos colaboradores ou na contratação de empresa especializada no assunto é uma decisão interna que deve levar em conta a melhor estratégia de segurança para manter os dados valiosos do trabalho corporativo sob os cuidados necessários.

Resposta a incidentes

A pauta sobre cibersegurança já está colocada no mercado empresarial brasileiro. O momento atual exige que os colaboradores estejam cientes de sua participação no processo de como proteger os dados contra olhares externos e trazer a discussão para o patamar técnico por meio de formação continuada.

Os gestores podem atuar como facilitadores ao promover recursos e dinâmicas necessários para garantir uma visão completa dos processos internos, ou seja, como o fluxo de dados passa pelos setores diversos da empresa, analisando pontos cegos e de difícil acesso.

A capacidade de resolver problemas no campo da segurança digital dependerá normalmente da melhoria na operacionalidade do monitoramento dos dados e do tempo de resposta aos ataques cibernéticos. Uma métrica importante para saber a validade da estratégia de segurança é avaliar a precisão na detecção e resposta a incidentes.

Concebendo a presença de “falsos positivos”, situações de ataques falsos ou de pouca abrangência, será possível que o foco seja voltado para as ameaças mais importantes, que colocam em risco dados mais ricos da empresa. Tornar a detecção mais aprimorada é tarefa que demanda uma análise pós-incidente que leve em conta os pontos a ser melhorados na estratégia de cibersegurança.

Análise constante de dados

A formação de um histórico de incidentes com vários graus de negatividade será útil na medida em que servirá de parâmetro para uma postura assertiva por parte da equipe. Assim, a detecção de incidentes ganha contornos mais precisos e se destaca na cultura organizacional do negócio como parte fundamental de seu sucesso.

Quer saber mais sobre a importância do uso de dados para o planejamento estratégico da sua empresa? Temos algumas dicas valiosas para você!

3 thoughts on “Detecção de incidentes empresariais: qual a sua capacidade de resposta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber conteúdos exclusivos para alavancar seu negócio?

Quer receber conteúdos exclusivos para alavancar seu negócio?

Preencha o campo abaixo e receba direto em seu e-mail novidades do mercado para sair na frente dos seus concorrentes. 

Seu cadastro foi realizado com sucesso!