Entenda o que é a Ciência de Dados!

Quem realizou pesquisas pelos termos “ciência de dados” ou “cientista de dados” nos últimos meses inevitavelmente se deparou com a afirmação de que se trata da “profissão mais sexy do século XXI”. Embora seja pouco natural imaginar o que torna uma profissão “sexy”, a afirmação da conceituada revista Harvard Business Review, feita em 2012, pode ser traduzida como a descrição de um trabalho que atrai muitos profissionais, interessados em um mercado promissor e em expansão acelerada.

Mas o que é ciência de dados e o que torna esse setor tão atraente para pesquisadores e empresas? Nesse artigo, vamos explicar os conceitos e qual o trabalho de um cientista de dados, mostrando por que cada vez mais pessoas estão dedicando seu tempo para se tornar profissionais da área.

A ciência de dados

A ação de transformar informações provenientes de bancos de dados em relatórios ou qualquer tipo de documento que possua algum sentido — especialmente gerencial — não é nova. Ao contrário, desde o surgimento da tecnologia da informação que uma das principais funções dos sistemas era prover dados para melhorar as tomadas de decisão. Mesmo antes do advento tecnológico, relatórios e planilhas eram feitas em papel, e os itens relevantes extraídos desse meio.

Grosso modo, esses procedimentos rudimentares não deixavam de ser um embrião do que chamamos hoje ciência de dados. A diferença básica e relevante é que, atualmente, é realizado o tratamento de volumes imensos de informação, produzidos em grande velocidade e, em geral, desestruturados e sem padrão — sim, estamos falando de Big Data.

Big Data e Analytics

A informação é um ativo poderoso. O volume de dados à disposição das empresas cresce de forma exponencial, sendo impossível aplicar as técnicas tradicionais de análise e mineração de dados para a obtenção de indicadores que proporcionem algum sentido ou vantagem para a organização.

Além da quantidade, a origem e tipo da informação coletada não permite o tratamento comum. São dados provenientes de sistemas, redes sociais, dispositivos “vestíveis” (wearable devices) e sensores espalhados pelo planeta, cuja forma muda com frequência. A análise desses dados (Analytics) exige conhecimento e um trabalho especializado para o cruzamento eficiente das informações entre si e com os dados oferecidos pelo mercado.

O papel do cientista de dados

Nesse sentido, o papel do cientista de dados é coletar e principalmente organizar os dados, de modo a apresentar resultados mensuráveis com sentido para a instituição. Uma análise perfeita dos dados, com a produção de informação relevante, é o diferencial que as empresas buscam em um profissional da ciência de dados.

Naturalmente, em função das características apresentadas, é essencial que a equipe tenha o auxílio de ferramentas adequadas para a mineração e extração da informação. Cabe ao cientista de dados, assim, definir as melhores técnicas e descobrir insights na massa bruta de informações que se adequem aos objetivos pretendidos.

Benefícios para as empresas

O ganho mais natural para as organizações que se valem da ciência de dados é a obtenção de indicadores e tendências que seus concorrentes não possuem, o que se traduz em vantagem competitiva para a empresa.

Em um mercado acirrado, ser detentor de informação que permita sair à frente e planejar ações específicas para cada público é um diferencial que as organizações buscam com avidez. Não por acaso, os cientistas de dados e as ferramentas que apoiam seu trabalho são cada vez mais valorizados.

É natural as instituições que estão investindo em ciência de dados alcançarem um salto exponencial com relação aos que insistem em utilizar os meios tradicionais. Afinal, com a velocidade crescente da inovação, quem sai à frente leva consigo a vantagem de adaptação mais rápida e plena às exigências do mercado.

Gostou do artigo? Tem dúvidas ou deseja compartilhar experiências com a aplicação da ciência de dados em sua empresa? Deixe seu comentário!

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

One thought on “Entenda o que é a Ciência de Dados!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *